#ClareamentoDental | Dentes brancos, sem manchas e com aparência chamativa: a moda do sorriso claro envolve muita química.

 

A alimentação, o tabagismo, a genética e a pouca higiene são os principais fatores que colaboram para o surgimento de manchas e coloração amarelada nos dentes. Estas manchas não são fáceis de remover, pois aderem à estrutura do dente. Para clareá-los, existem diversas técnicas utilizadas pelos dentistas, podendo ser realizadas em  consultório ou em casa. Dentre elas, está o clareamento a base de gel, utilizado em moldeira adaptada aos dentes, que pode ser realizado de forma caseira ou intercalando com o tratamento junto ao médico.

 

Este gel é oferecido por diversas marcas no mercado, com composições distintas, porém, com bases semelhantes. No produto pode ser encontrado peróxido de hidrogênio, peróxido de carbamida, perborato de sódio e hidroxilite. Estes compostos atuam quebrando as moléculas de pigmento aderidas ao dente. Para dentes desvitalizados são utilizados os clareadores a base de perborato de sódio, já para dentes com sensibilidade, o hidroxilite ganha destaque. O mais utilizado no procedimento caseiro é o peróxido de carbamina e em consultório, a estrela é o peróxido de hidrogênio.

 

O clareamento dental é simples e eficaz, porém, deve ser feito com cuidado e sempre com o acompanhamento profissional de um dentista, para evitar problemas como desmineralização do esmalte dental, machucados na gengiva, hipersensibilidade nos dentes, etc.

Confira os valores e data limite para os descontos. 

Topo